Buscar
  • Sonia Antunes

Consultoria de Comunicação: a tríade dos 4 bullets

Quantas vezes já se questionou para que serve um serviço de consultoria? Ou então, quantas vezes deixou de considerar essa hipótese por achar que isso não era para si?

No final deste artigo garanto que estará totalmente esclarecido.


1. Quantas vezes já se questionou para que serve um serviço de consultoria?

Ao longo da minha atividade profissional, quando trabalhava por conta de outrem, fui-me apercebendo que as empresas – independentemente de sua dimensão – têm uma grande dificuldade em organizar os seus departamentos. No caso, falo dos departamentos de Comunicação e Marketing, pois foram aqueles em que estive envolvida.

E esta desorganização vai desde o “não sei o que hei-de fazer” até ao “tenho tantas ideias e quero colocá-las todas em prática já”. Isto leva a tomar um conjunto de ações e a desenvolver um leque de tarefas que acabam por ser ineficazes. Porquê? Por várias questões:

  • Porque não sei onde estou

  • Porque não sei para onde quero ir

  • Porque não sei o que fazer para lá chegar

  • Porque não sei se está ou não a funcionar

Para mim a organização mental, processual e até mesmo física, são condicionantes fulcrais para o sucesso de qualquer negócio, marca ou projeto. Foi exatamente por isso que me dediquei a prestar esse tipo de serviços: Consultoria de Comunicação.

Assim, respondendo à primeira questão, o Consultor é aquele que o vai ajudar a apresentar soluções para o seu negócio, marca ou projeto, seguindo uma metodologia de 4 passos:

  • Diagnóstico

  • Análise

  • Planeamento

  • Estratégia

No meu caso, espelho esta metodologia através da realização de um PLANO DE COMUNICAÇÃO, que se torna num GUIA PRÁTICO para cumprir o objetivo pretendido.

Chamo-lhe GUIA PRÁTICO porque não se limita à organização conceptual das ideias e da estratégia, mas inclui igualmente a sua tradução para a prática, através de um PLANO DE AÇÃO concreto. Desta forma, juntamos num só documento: teoria e prática.


2. Quantas vezes deixou de considerar um serviço de consultoria por achar que isso não era para si?

Às vezes as coisas não são exatamente como pensamos. Formamos ideias pré-concebidas que anulam qualquer ação à partida. Por isso lanço-lhe um desafio. Reflita sobre as seguintes questões:

  • E se tivesse alguém que o ajudasse a orientar o que comunicar, de que forma, para que público?

  • E se tivesse alguém que o ajudasse a organizar todas essas ideias que pairam na sua cabeça mas que não sabe por onde começar ou, nem sequer tem tempo para pensar nisso (quanto mais fazer!)?

  • E se tivesse alguém que comunicasse e divulgasse a sua marca, produto ou serviço enquanto faz aquilo que realmente é a sua área?

  • E se tivesse alguém que lhe resolvesse todas estas questões de uma forma criativa e muito prática?

A Consultoria não é um recurso disponível apenas para as grandes empresas. Está ao serviço de todos. Na realidade, nas micro e pequenas empresas é mais fácil de implementar e ver resultados porque são estruturas mais pequenas, logo mais flexíveis e com uma mais rápida capacidade de resposta.


A consultoria que presto é aquela que o vai ajudar a orientar o seu negócio, projeto ou marca para que possa obter resultados, através da realização de um Guia Prático que o guiará em todos os passos, comigo a seu lado.

Precisa de ajuda?

6 visualizações